Normal view MARC view ISBD view

Tools to support the design of fire-resistant landscapes in Portuguese ecosystems

by Botequim, Brigite Roxo
Authors: Borges, José Guilherme Martins Dias Calvão--Orientador | Fernandes, Paulo Alexandre Martins--Co-Orientador | Universidade de Lisboa--Instituto Superior de Agronomia--2015 Published by : ISA (Lisboa) Physical details: XXIII, 216 p. il. 30 cm. Subject(s): Engenharia Florestal e dos Recursos Naturais --Doutoramento --2015 | Incêndios florestais --prevenção | Mortalidade | Fogo de copas | Silvicultura preventiva | Portugal Year: 2015
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Location Call number Copy Status Date due
Tese Tese Reitoria - SDP
SDP-Teses
TD043 ISA EFRN1 2015 (Browse shelf) 1 Sem empréstimo
CD-ROM CD-ROM Reitoria - SDP
SDP-Teses
RE 3527 (Browse shelf) 2 Sem empréstimo

Tese de doutoramento.

Bibliografia: pp. 28-40; 213-216

Resumo
A floresta é um elemento-chave na paisagem Portuguesa. Porém, o risco de incêndio é um desafio central no contexto nacional. Pode uma gestão apropriada potencialmente alterar o comportamento do fogo, danos dos incêndios e a dificuldade de supressão de fogo? Quais são as relações causais entre propensão do fogo, estrutura e composição do povoamento? O objectivo comum dos cinco estudos desenvolvidos no doutoramento é abordar as questões acima apresentadas com base em princípios de criação de florestas resistentes ao fogo, mediante fatores e implicações subjacentes a uma gestão florestal ativa, mantendo ao mesmo tempo níveis eficazes de prevenção de incêndios. O objetivo final é fornecer os gestores florestais e os agentes com ferramentas para apoiar as suas decisões e de forma mais eficaz alinhar as políticas de gestão, planos e práticas nas paisagens susceptíveis ao fogo. Os objetivos da primeira fase pretendem estimar a diferentes escalas, desde a árvore individual ao povoamento, respectivamente: (i) a probabilidade anual de ocorrência de incêndio em povoamentos puros de eucalipto, (ii) a acumulação de biomassa arbustiva sob coberto arbóreo, (iii) a mortalidade pós-fogo ao nível do povoamento e a probabilidade de sobrevivência da árvore individual para mitigar os danos em qualquer estrutura de povoamento florestal. A segunda fase faz uso da modelação do comportamento do fogo, juntamente com variáveis comuns do povoamento como uma ferramenta para (iv) avaliar o potencial de ocorrência de incêndios de copas através da estrutura/ composição do povoamento, e (v) elaborar diretrizes que expressam a dificuldade de supressão de incêndio em áreas propensas ao fogo. A precisão dos resultados desta pesquisa proporcionam uma visão interessante para apoiar práticas silvícolas de redução de risco/danos nos ecossistemas portugueses.

Abstract
Forests are a key element in the Portuguese landscape. Moreover, fire hazard is a central challenge at national context. How can appropriate management potentially change fire behaviour, fire damage and the difficulty of fire suppression? What are the causal relationships between fire proneness, stand structure and forest stand composition? The common objective of the doctoral research among the five studies is to address the above issues based on principles of creating fire-resistant forests, underlying factors and implications for active forest management, while sustaining effective fire prevention levels. The ultimate goal is to provide forest managers and policy makers with tools to support their decisions, and more effectively align management policies, plans, and practices across fire-prone landscapes. The first research phase aims, across a range of scales from the individual tree to the stand level, respectively: (i) modelling the annual probability of wildfire occurrence of pure and even-aged eucalypt stands; (ii) developing a shrub biomass accumulation model, and (iii) a post-fire mortality model at stand level and the individual tree survival probability to mitigate damage in any forest stand structure. The second phase introduces fire behavior modeling coupled with common stand variables as a tool to (iv) assess potential crown fire occurrence through stand structure/stand composition, and (v) draw guidelines that express the difficulty of fire suppression in those fire-prone forest stands. The accuracy of the research findings can provide an interesting insight to support hazard-reduction silvicultural practices in Portuguese ecosystems.

Referências bibliográficas: Botequim, Brigite Roxo - "Tools to support the design of fire-resistant landscapes in Portuguese ecosystems". Lisboa: Universidade de Lisboa, Instituto Superior de Agronomia, 2015. Tese de doutoramento.

Inglês.

Click on an image to view it in the image viewer


© 2012, Universidade de Lisboa
Todos os direitos reservados - All rights reserved
Languages: