Normal view MARC view ISBD view

Body composition in non-alcoholic fatty liver disease patients

by Magalhães, Nuno Manuel Queiroz Pimenta de
Published by : [s.n.] ([Cruz Quebrada]) Physical details: XX, 155 p. 30 cm Subject(s): Motricidade Humana --Atividade Física e Saúde --Doutoramento --2014 | Antropometria | Composição corporal | Doenças cardíacas --prevenção e controlo | Doutoramento | Gordura corporal | Sistema digestivo --patologia Year: 2014
Online resources:
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Location Call number Copy Status Date due
Tese Tese Faculdade de Motricidade Humana
FMH-BIBLIOTECA
Tese D 633 (Browse shelf) Available
Tese Tese Reitoria - SDP
SDP-Teses
TD043 FMH MH16 2014 (Browse shelf) 2 Sem empréstimo
CD-ROM CD-ROM Reitoria - SDP
SDP-Teses
RE 2972 (Browse shelf) 3 Sem empréstimo

Rodrigues, Maria Helena Santa-Clara Pombo - Orientadora. Doutoramento em Motricidade Humana, na especialidade de Atividade Física e Saúde. Universidade de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana. 2014

A presente tese integra cinco investigações originais que se centram no estudo da composição corporal (CC) em pacientes com doença do fígado gordo não-alcoólico (DFGNA), numa perspetiva eminentemente clínica e direcionada para a prática. Um primeiro estudo visou analisar a relação da quantidade e distribuição da massa gorda corporal (MG), avaliada por densitometria por raio-X de dupla energia (DXA), com o controlo autonómico cardíaco, mais especificamente com um indicador indireto da reativação do sistema nervoso parassimpático, que é a frequência cardíaca de recuperação após um esforço máximo, que também é um forte fator de risco para mortalidade. O segundo estudo visou avaliar a utilidade da medição do perímetro da cintura, isoladamente, como preditor da quantidade e distribuição de MG, em pacientes com DFGNA, e comparar os resultados e os procedimentos da medição do perímetro da cintura realizada segundo diferentes protocolos de medição de modo a identificar um protocolo preferencial. O terceiro e quarto estudo pretenderam avaliar o impacto da utilização do perímetro da cintura obtido segundo diferentes protocolos de medição na performance da razão cintura/anca e da razão cintura/altura, enquanto indicadores clínicos, duplamente indiretos, de quantidade e distribuição de MG. O quinto e último estudo deste trabalho teve como objetivo avaliar a relação de perímetros e índices corporais com a quantidade e distribuição de MG, em pacientes com DFGNA, e procurou identificar a existência de alternativas preferenciais à utilização do índice de massa corporal. Os resultados encontrados no presente trabalho permitem confirmar que a CC está fortemente relacionada com o controlo autonómico cardíaco, em pacientes com DFGNA, e que, nessa relação, a distribuição de MG parece ser mais determinante do que a sua quantidade absoluta e relativa. Também foi possível concluir que o perímetro da cintura medido imediatamente acima da crista ilíaca parece ser a melhor metodologia para ser utilizada com esta população, sobretudo por razões de ordem prática, mas também pelo seu desempenho na relação com quantidade e distribuição de MG, quer quando utilizado isoladamente como quando integrado em índices corporais, como a razão cintura/ anca ou a razão cintura/ altura. A razão cintura/altura parece ser a melhor alternativa para ser usada como preditor da quantidade e distribuição de MG em pacientes DFGNA, sendo que o perímetro da cintura também é uma boa alternativa sobretudo por razões de ordem prática.

Click on an image to view it in the image viewer


© 2012, Universidade de Lisboa
Todos os direitos reservados - All rights reserved
Languages: