Normal view MARC view ISBD view

Relatório de estágio em controlo e gestão do peso corporal

by Martinho, Maria Carolina Coutinho de Lucena
Published by : [s.n.] ([Cruz Quebrada]) Physical details: 143 p. 30 cm Subject(s): Composição corporal | Estilos de vida | Exercício físico | Obesidade --prevenção e controlo | Peso --controlo | Relatório de estágio --2013 Year: 2013
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Location Call number Copy Status Date due
Tese Tese Faculdade de Motricidade Humana
FMH-BIBLIOTECA
Tese M 2885 (Browse shelf) Available
Tese Tese Reitoria - SDP
SDP-Teses
TM043 FMH ES10 2013 (Browse shelf) 1 Sem empréstimo
CD-ROM CD-ROM Reitoria - SDP
SDP-Teses
TM043 FMH ES10/A 2013 (Browse shelf) 1 Sem empréstimo

Rocha, Paulo Manuel Espadinha Pinheiro da - Orientador. Mestrado em Exercício e Saúde. Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana. 2013

Este relatório de estágio baseia-se na descrição de algumas atividades desenvolvidas no âmbito do controlo de peso, nomeadamente na prevenção e tratamento de indivíduos com a condição de excesso de peso e obesidade. Fez-se uma análise estatística de forma a comparar as diferenças de peso, de Índice de Massa Corporal (IMC) e de percentagem de Massa Gorda (% MG) ao longo do tempo nas pessoas que treinam num health club. Comparou-se a perda de peso e de % MG nos indivíduos que afirmaram possuir “história familiar de obesidade” e/ou “problemas de saúde”, assim como a diferença de peso e de % MG com o número de treinos semanais. Por fim, elaborou-se uma proposta de um programa de controlo de peso com o objetivo de diminuir a prevalência do número de sócios que têm excesso de peso ou obesidade adaptada a esse health club.
Com este intuito foram efetuados dois estágios em duas empresas distintas: Clínica Metabólica, em Oeiras, onde foi observada a dinâmica de uma equipa multidisciplinar e como esta influencia o cliente no controlo do seu peso; e no health club – Club L (Villa-Park), em Lisboa – Amadora, onde foi abordada a mesma temática por uma equipa de fisiologistas do exercício. Nesta última empresa foi facilitado o acesso à base de dados para serem analisados estatisticamente alguns dados e utilizados para a elaboração da análise estatística.
Analisaram-se dois grupos distintos para efeitos de análise de controlo de peso: o Grupo A, observado durante cerca de 3 meses em 2 momentos diferentes; e o Grupo B observado durante cerca de 6 meses em 3 momentos. Verificou-se que em ambos os grupos, e em ambos os géneros, a média do peso, do IMC e da % MG diminuiu ao longo do tempo, enquanto o número médio de treinos semanais aumentou.
Concluiu-se que o grupo de indivíduos que afirmou não ter “história familiar de obesidade” demonstrou uma maior tendência para a perda de peso comparativamente aos que afirmaram ter. Enquanto os indivíduos que afirmaram ter “problemas de saúde” apresentaram uma maior tendência para a perda de peso comparativamente aos que negaram esses problemas.
A proposta do programa de controlo de peso apresentada teve em conta uma equipa multidisciplinar visto ser atualmente aquela que ostenta resultados com mais sucesso, no que diz respeito à prevenção e tratamento do peso excessivo. No entanto, não houve oportunidade de colocar esta proposta em prática no health club em questão.

Click on an image to view it in the image viewer


© 2012, Universidade de Lisboa
Todos os direitos reservados - All rights reserved
Languages: