Normal view MARC view ISBD view

Análise da variabilidade espacial e temporal da precipitação e seca em Portugal

by Martins, Diogo Miguel dos Santos
Authors: Pereira, Luís Alberto Santos--orientador | Universidade Técnica de Lisboa--Instituto Superior de Agronomia--2012 Published by : ISA (Lisboa) Physical details: viii, 28, [18] p. il. 30 cm Subject(s): Engenharia do Ambiente --Mestrado --2012 | Tecnologias Ambientais | PCA | Análise de Clusters | SPI | PDSI | MedPDSI | Tendência Linear | Clima --Precipitação, evapotranspiração, secas --Portugal | Portugal Year: 2012
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Location Collection Call number Copy Status Date due
Tese Tese Reitoria - SDP
SDP-Teses
Dissertações de mestrado ULisboa TM043 ISA EAm10 2012 (Browse shelf) 1 Sem empréstimo
CD-ROM CD-ROM Reitoria - SDP
SDP-Teses
Dissertações de mestrado ULisboa TM043 ISA EAm10/A 2012 (Browse shelf) 2019-06-12 Sem empréstimo

Tese de Mestrado em Engenharia do Ambiente

Bibliografia: 23-28 pp.

Resumo - A variabilidade espacial da precipitação e secas são estudadas para Portugal usando dados de precipitação mensal referentes a 74 estações e temperaturas máximas e mínimas de 27 estações para o período de 1941-2006. A precipitação sazonal, a percentagem de precipitação em cada estação e o Índice de Concentração de Precipitação (PCI) foram calculados para as 74 estações e depois submetidas a uma Análise de Componentes Principais (PCA) em modo R seguida de uma análise de clusters para identificar os padrões de variabilidade da precipitação. O Standardized Precipitation Index (SPI) nas escalas de 3 e 12 meses foi calculado para as 74 estações com dados de precipitação e o Palmer Drought Severity Index (PDSI) e o MedPDSI foram calculadas para as 27 estações com dados de temperatura e precipitação. Os padrões de variabilidade espacial em Portugal são identificados usando a PCA em Modo S, com rotação Varimax para as matrizes dos índices de seca. A análise temporal dos PC scores dos índices de seca não evidenciam tendência para o aumento ou diminuição das secas e da sua severidade em Portugal. Mais ainda, os Spatial and temporal variability of precipitation and drought in Portugal. Mais ainda, os resultados mostram uma grande coerência entre os vários índices de seca considerados.

Abstract - The spatial variability of precipitation and drought are investigated for Portugal using monthly precipitation from 74 stations and minimum and maximum temperature from 27 stations, covering the common period of 1941– 2006. Seasonal precipitation and the corresponding percentages in the year, as well as the precipitation concentration index (PCI), was computed for all 74 stations and then used as an input matrix for an R-mode principal component analysis to identify the precipitation patterns. The standardized precipitation index at 3 and 12 month time scales were computed for all stations, whereas the Palmer Drought Severity Indexo (PDSI) and the modified PDSI for Mediterranean conditions (MedPDSI) were computed for the stations with temperature data. The spatial patterns of drought over Portugal were identified by applying the S-mode principal component analysis coupled with varimax rotation to the drought indices matrices. The result revealed two distinct sub-regions in the country relative to both precipitation regimes and drought variability. The analysis of time variability of the PC scores of all drought indices allowed verifying that there is no linear trend indicating drought aggravation or decrease. In addition, the analysis shows that results for SPI-3, SPI-12, PDSI and MedPDSI are coherent among them.

Referência Bibliográfica: MARTINS, Martins, Diogo Miguel dos Santos - Análise da variabilidade espacial e temporal da precipitação e seca em Portugal. / Lisboa: Universidade Técnica de Lisboa, Instituto Superior de Agronomia, 2012. Tese de Mestrado

Português

Click on an image to view it in the image viewer


© 2012, Universidade de Lisboa
Todos os direitos reservados - All rights reserved
Languages: