Normal view MARC view ISBD view

Estudo da biodegradabilidade de bioplásticos numa cultura de ciclo longo

by Costa, Raquel Alexandra Cardoso
Authors: Duarte, Elizabeth da Costa Neves Fernandes de Almeida--orientadora | Universidade Técnica de Lisboa--Instituto Superior de Agronomia--2012 Published by : ISA (Lisboa) Physical details: x, 65 p. il. 30 cm Subject(s): Engenharia do Ambiente --Mestrado --Portugal | Morango | Plástico de cobertura | Agricultura | Plástico biodegradáveis | Politileno | Mater-bi™ Year: 2012
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Location Collection Call number Copy Status Date due
Tese Tese Reitoria - SDP
SDP-Teses
Dissertações de mestrado ULisboa TM043 ISA EAm5 2012 (Browse shelf) 1 Sem empréstimo

Tese de Mestrado em Engenharia do Ambiente

Bibliografia: 47-51 pp.

Resumo - A aplicação de plásticos de cobertura na agricultura teve o seu início em meados do século passado e desde então o seu uso tem-se intensificado. Após a sua utilização, o custo de enviar o resíduo resultante para um destino final adequado leva, muitas vezes, a que seja deixado ou queimados em campo aberto, causando enormes impactos ambientais. Os plásticos de cobertura de solo biodegradáveis, que podem ser incorporados no solo após o ciclo de produção, aparecem como uma solução sustentável para o desenvolvimento de actividades agrícolas mais sustentáveis.
O objectivo deste trabalho foi testar a biodegradabilidade de cinco plásticos de cobertura de solo, produzidas a partir de matéria prima Mater-bi™, em comparação com o polietileno utilizado convencionalmente. A biodegradabilidade foi testada em laboratório através de um teste respirométrico seguindo a norma internacional EN ISO 17556; e em condições de campo, por observação e cálculo da percentagem de área perdida em molduras de rede, ao longo de um determinado período de tempo. Os testes de campo para avaliar a produtividade e qualidade dos frutos foram realizados durante dois anos. Das 5 coberturas de solo biodegradáveis estudadas houve uma que se destacou pelo seu bom desempenho quer em termos de produtividade e qualidade dos frutos quer pela biodegradabilidade atingida (2 %, num teste respirométrico com duração de 120 dia num solo com apenas 1 % de Matéria orgânica). Esta cobertura deu assim indicações bastante promissoras, podendo num futuro próximo vir a ser uma solução viável para a substituição do polietileno convencional.

Abstract - The use of plastic mulch in agriculture had its beginning in the middle of last century and since then its use has been intensified and the costs of send this residue to appropriate final destination lead it often to be left or burned in open field, causing huge environmental concerns. The biodegradable mulch films, which can be incorporated in the soil at the end of the crop appear as a possible solution for this problem.
The goal of this work was to test the biodegradability of 5 plastic mulches, made from biodegradable polymers, comparing to conventional Polyethylene (PE).
The biodegradability was tested in laboratory by means of a respirometric test that followed the standard EN ISO 17 556, and in field conditions, by observation and calculation of the percentage of area lost, along the time, in net frames containing the various biodegradable plastics.
The field trials to assess fruit productivity and quality were performed during two years. One of the biodegradable mulches stands out for its good performance and seems as a very promising mulch that may be a viable replacement for conventional polyethylene.

Referência Bibliográfica: COSTA, Raquel Alexandra Cardoso - Estudo da biodegradabilidade de bioplásticos numa cultura de ciclo longo: morango. / Lisboa: Universidade Técnica de Lisboa, Instituto Superior de Agronomia, 2012. Tese de Mestrado

Português

Click on an image to view it in the image viewer


© 2012, Universidade de Lisboa
Todos os direitos reservados - All rights reserved
Languages: