Normal view MARC view ISBD view

Efeitos do Biochar nas propriedades físicas e químicas do solo

by Nóbrega, Ísis Patrícia Cardoso
Authors: Cordovil, Cláudia S. C. Marques dos Santos--Orientadora | Universidade Técnica de Lisboa--Instituto Superior de Agronomia--2011 Published by : ISA (Lisboa) Physical details: 38p. Il. 30cm. Subject(s): Engenharia do Ambiente --Mestrado --Portugal | Biochar | Pirólise | Incubação | Resíduos de pinhas | Cascas de amendoim | Estrume de aviário de frangos | Portugal Year: 2011
Online resources:
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Location Collection Call number Copy Status Date due
Tese Tese Reitoria - SDP
SDP-Teses
Dissertações de mestrado ULisboa TM043 ISA EAmb8 2011 (Browse shelf) 1 Sem empréstimo

Tese de Mestrado em Engenharia do Ambiente

Bibliografia - pp. 35-38.

Resumo - O objectivo desta tese foi examinar o efeito do biochar nas emissões de CO2 a partir de um solo. Os diferentes biochar foram produzidos de três matérias-primas (resíduos de pinhas, cascas de amendoim e estrume de aviário de frangos) e em diferentes temperaturas (400ºC e 500ºC) de pirólise lenta.
As propriedades do biochar são significativamente influenciadas pelas características da matéria-prima e pelas condições de pirólise. O rendimento de biochar é superior na pirólise lenta.
No geral, o biochar produzido de plantas lenhosas é mais ricos em carbono (C), tem baixo teor em azoto (N) e capacidade de troca catiónica (CTC) baixa. O biochar produzido de estrumes tem baixo teor de C, alto teor de N e de CTC. O pH varia entre o neutro e o alcalino.
Para examinar os efeitos do biochar na produção de gases com efeito de estufa (GEE), foi realizada uma incubação onde se avaliou a emissão de CO2 em solos com biochar através da mineralização de C. O biochar produzido a 400ºC de cascas de amendoim e de estrume de aviário de frangos apresenta maior emissão de CO2 comparado com o obtido a 500ºC.
A mineralização é mais fortemente controlada pela temperatura do que pelo tipo de matéria-prima usada.

Abstract - The objective of this master thesis was to evaluate the effect of biochar on CO2 emissions from agricultural soil. The biochars were produced from three different feedstocks (clean pine chips, peanut hull and poultry manure) and at two different slow pyrolysis temperatures (400 ºC and 500 ºC).
Biochar properties were significantly influenced by the feedstock and pyrolysis conditions. The biochar yield was higher at lower pyrolysis temperature.
In general, biochar produced from woody plants had higher carbon (C) content, low nitrogen (N) content and low cation exchange capacity (CEC). Biochar produced from manure has low C content, high N content and CEC. The pH of these biochars ranged from neutral to alkaline.
To examine the effects of biochar on soil GHG production, an incubation experiment was performed. The emissions of CO2 in soils with biochar were evaluated through C mineralization. The biochar produced at 400 ºC by using peanut hull and poultry manure had a higher CO2 emission compared to that obtained at 500 ºC from raw materials.
The C mineralization was strongly controlled by the pyrolysis temperature than by the feedstock type.

Referência bibliográfica - Nóbrega, Ísis Patrícia Cardoso - Efeitos do Biochar nas propriedades físicas e químicas do solo: Sequestro de carbono no solo. Lisboa:Universidade Técnica de Lisboa,Instituto Superior de Agronomia,2011. Tese de mestrado.

Click on an image to view it in the image viewer


© 2012, Universidade de Lisboa
Todos os direitos reservados - All rights reserved
Languages: