Normal view MARC view ISBD view

Resíduos de medicamentos veterinários em efluentes suinícolas

by D’ Amato, Priscila Faber
Authors: São Braz, Berta Ferreira--Orientadora | Universidade Técnica de Lisboa--Instituto Superior de Agronomia--2011 Published by : ISA (Lisboa) Physical details: 52p. Il. 30cm. Subject(s): Engenharia do Ambiente --Mestrado --Portugal | Risco ambiental | Suínos | Medicamentos veterinários | PECsolo | Portugal Year: 2011
Online resources:
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Location Collection Call number Copy Status Date due
Tese Tese Reitoria - SDP
SDP-Teses
Dissertações de mestrado ULisboa TM043 ISA EAmb5 2011 (Browse shelf) 1 Sem empréstimo

Tese de Mestrado em Engenharia do Ambiente

Bibliografia - pp. 45-48.

Resumo - O uso de medicamentos veterinários na pecuária tornou-se parte integrante da indústria de animais para produção de carne e derivados. Após a administração ao animal, um medicamento pode ser metabolizado total ou parcialmente, antes de ser eliminado na urina e/ou fezes. A aplicação do estrume e/ou chorume, resultante das explorações pecuárias como fertilizante em terrenos agrícolas é uma prática comum. Há assim uma crescente preocupação internacional quanto ao potencial risco da introdução de resíduos de fármacos no ecossistema.
No âmbito deste trabalho fez-se a previsão do risco de exposição do ambiente aos resíduos de medicamentos veterinários presentes nos efluentes de uma exploração suinícola intensiva. A metodologia adoptada contemplou o cálculo da PECsolo padrão e o ajustado com os factores de produção correspondentes ao caso de estudo, e considerado o pior cenário, onde não há a metabolização dos medicamentos pelos animais. Assim foram efectuadas as estimativas de PECsolo para as substâncias activas utilizadas nas várias fases produtivas.
Os valores de PECsolo calculado, excedem o limite de 100μg/kg para substâncias activas: sulfadimetoxina, trimetropima, ampicilina, ocitocina, ferro, amoxicilina, tilmicosina, óxido de zinco, flubendazol, doxiciclina e tiamulina.
Com este estudo de caso pretendeu-se contribuir para a sensibilização para a problemática ambiental associada aos potenciais riscos, decorrentes da utilização de medicamentos veterinários numa exploração suinícola intensiva.

Abstract - The use of veterinary drugs in livestock has become an integral part of the livestock industry for the production of meat and meat products. After administering to the animal, a drug may be metabolized in whole or in part, before being eliminated in the urine and / or feces. The application of manure and / or slurry, resulting from the farms as fertilizer on agricultural land is a common practice. So is there a growing international concern about the potential risk of introduction of drug residues in the ecosystem.
In this work became the prediction of risk of environmental exposure to residues of veterinary drugs present in the effluent from an intensive pig farm. The methodology contemplated PECsoil calculations following standard procedures and using inputs from real production practices. The worst case scenario, where there is no metabolism of drugs by animals, was also considered. The PECsoil estimations were performed for active substances used in the various production phases.
PECsoil calculated values exceed the limit value of 100μg/kg for sulfadimethoxine, trimethoprim, ampicillin, oxytocin, iron, amoxicillin, tilmicosin, zinc oxide, flubendazole, tiamulin and doxycycline.
This case study aims to contribute to the awareness of environmental issues associated with potential risks arising from the use of veterinary drugs in intensive pig farm.

Referência bibliográfica - D’ Amato, Priscila Faber - Resíduos de medicamentos veterinários em efluentes suinícolas: Previsão de exposição ambiental. Lisboa:Universidade Técnica de Lisboa,Instituto Superior de Agronomia,2011. Tese de mestrado.

Click on an image to view it in the image viewer


© 2012, Universidade de Lisboa
Todos os direitos reservados - All rights reserved
Languages: