Normal view MARC view ISBD view

Influência do treino na resposta adaptativa cardiorespiratória em jovens futebolistas e nadadores /

by Madeira, Raquel Maria Santos Barreto Sajara
Published by : [s. n.], ([Cruz-Quebrada] :) Physical details: XVI, 212 p. + CD-ROM ; 30 cm Subject(s): Doutoramento | Ecocardiografia | Fisiologia do esforço | Futebol --aspectos fisiológicos | Natação --aspectos fisiológicos | Sistema cardiovascular | Sistema respiratório | Treino físico Year: 2010
Online resources:
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Location Collection Call number Copy Status Date due
Tese Tese Faculdade de Motricidade Humana
FMH-BIBLIOTECA
Tese D 499 (Browse shelf) 0 Apenas consulta local
Tese Tese Faculdade de Motricidade Humana
FMH-BIBLIOTECA
Biblioteca Didática Tese D 500 (Browse shelf) 0 Available
CD-ROM CD-ROM Faculdade de Motricidade Humana
FMH-Biblioteca Deposito
Tese D 499 / CD-ROM (Browse shelf) 0 Apenas consulta local
Tese Tese Reitoria - SDP
SDP-Reitoria
Teses de doutoramento ULisboa TD043 FMH MH10 2010 (Browse shelf) 4 Sem empréstimo
CD-ROM CD-ROM Reitoria - SDP
SDP-Reitoria
Teses de doutoramento ULisboa TD043 FMH MH10/A 2010 (Browse shelf) 5 Sem empréstimo

Pereira, José Henrique Fuentes Gomes - Orientador. Doutoramento em Motricidade Humana, na especialidade de Ciências do Desporto. Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana. 2010

Objectivo: determinação do efeito do treino desportivo na morfologia e função do ventrículo esquerdo (VE) em repouso bem como a análise da relação entre a dimensão/função do VE e o VO2max em atletas jovens. Caracterização antropomética e de composição corporal, avaliação das medidas de dimensão da estrutura cardíaca, função sistólica e diastólica do ventrículo esquerdo e desempenho em prova de esforço máximo, foram estudadas em 24 rapazes, nadadores (N) e futebolistas (F). Todas as variáveis foram normalizadas alométricamente para as diferenças antropométricas. Verificou-se, em ambos os grupos, um padrão excêntrico de hipertrofia ventricular com valores mais importantes no grupo de nadadores. O grupo de nadadores mostrou maior dilatação cavitária e volume sistólico em repouso superior, resultantes provavelmente de melhorias no retorno venoso devido a maior incidência e volume do treino aeróbio. As diferenças entre os grupos mantiveram-se após correcção alométrica para as diferenças na dimensão e composição corporal. O grupo F apresentou valores de aumento do VE superiores ao grupo N. A dimensão do VE correlaciona-se com o VO2max e o diâmetro do VE em diástole apresenta-se como o seu factor determinante.

Click on an image to view it in the image viewer


© 2012, Universidade de Lisboa
Todos os direitos reservados - All rights reserved
Languages: