Normal view MARC view ISBD view

Influência do ciclismo na corrida em triatlo olímpico :

by Santos, Sérgio Figueiredo dos
Published by : [s.n.], ([Cruz Quebrada] :) Physical details: 245 p. ; 30 cm Subject(s): Bioquímica do exercício | Ciclismo | Fisiologia do esforço | Mestrado | Resistência | Triatlo Year: 2003
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Location Collection Call number Copy Status Date due
Tese Tese Faculdade de Motricidade Humana
FMH-BIBLIOTECA
Tese M 954 (Browse shelf) 0 Apenas consulta local
Tese Tese Faculdade de Motricidade Humana
FMH-BIBLIOTECA
Tese M 955 (Browse shelf) 0 Available
Tese Tese Reitoria - SDP
SDP-Teses
Dissertações de mestrado ULisboa TM043 FMH TAR7 2004 (Browse shelf) 3 Sem empréstimo

Alves, Francisco José Bessone Ferreira - Orientador. Mestrado em Treino de Alto Rendimento. Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana. 2003

Resumo : Oito triatletas bem treinados (média idade = 20,8, sd = 2,2) realizaram um teste por patamares de corrida isolada (T-C) e um teste de ciclismo seguido de corrida (T-B+C) com ordem alternada, separados por 48h de intervalo. O teste T-C foi constituído por 10 minutos de aquecimento (AQ) abaixo das 120ppm em cicloergometro Kingcycle, seguido de 1 minuto de transição (TR) e 6 patamares de 1600m de corrida em pista de atletismo sintética, com progressão da velocidade de 5% por patamar e pausa de 1 minuto entre patamares para recolha de sangue (Lactate_Pro), tendo sido as velocidades de corrida individualmente definidas. T-B+C foi constituído por um contra-relógio de 40km realizado num cicloergómetro Kingcycle entre AQ e TR, seguido do mesmo teste de corrida anteriormente descrito e às mesmas velocidades. Relativamente aos parâmetros metabólicos estudados (lactato, frequência cardíaca (FC) média e máxima, velocidade e FC associada às 4mmol/l) não foram encontradas diferenças significativas, com excepção do primeiro patamar no que respeita às FC médias e máximas, significativamente superiores em T-B+C (P=0.006 para a FC média e FC max.), explicado na nossa opinião pelas FC elevadas transportadas do teste de ciclismo para o primeiro patamar de corrida. Concluímos que não haverá necessidade de induzir fadiga para a definição das zonas metabólicas de treino da corrida para triatletas bem treinados.

Click on an image to view it in the image viewer


© 2012, Universidade de Lisboa
Todos os direitos reservados - All rights reserved
Languages: