Normal view MARC view ISBD view

Gestão do stock farmacêutico num hospital de fauna silvestre

by Borges, Liliana Isabel Ferreira
Authors: Brandão, Ricardo Manuel Lemos --orient. | Carvalho, Luís Manuel Madeira de--co-orient. Published by : FMV (Lisboa) Physical details: XII, 89 p. il. 30 cm Subject(s): Medicina veterinária --Mestrado | Gestão de stocks | Serviços farmacêuticos veterinários | Centros de recuperação | Farmacoeconomia Year: 2012
Online resources:
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Location Call number Copy Status Notes Date due
Tese Tese Faculdade de Medicina Veterinária
FMV-Bib. Deposito
(Dep.) Est.E DM 2012 BOR (Browse shelf) 1 Apenas consulta local
Tese Tese Faculdade de Medicina Veterinária
FMV-Bib. Deposito
(Dep.) Est.E DM 2012 BOR (Browse shelf) 2 Apenas consulta local Suporte multimédia (CD-ROM)
Tese Tese Reitoria - SDP
SDP-Teses
TM043 FMV MV13 2012 (Browse shelf) 1 Sem empréstimo

Ricardo Manual Lemos Brandão ; Luís Manuel Madeira de Carvalho - Orientadores. Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária. Univerisdade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária. 2012

Inclui bibliografia (p. 83-89) e índice

A subida constante dos custos da sociedade em geral e dos cuidados de saúde em
particular, tanto a nível humano, como animal, requer a implementação de medidas que
controlem as despesas, sendo essencial o não comprometimento da qualidade destes
serviços.
Os stocks são o grande investimento de qualquer serviço farmacêutico. Deste modo, uma
eficiente gestão do inventário farmacêutico traduz-se no equilíbrio entre um adequado nível
de produtos, um melhor serviço ao cliente e um menor custo.
Diversos autores defendem que o conhecimento de conceitos e metodologias da gestão de
stocks por parte dos médicos veterinários é essencial no processo de formulação do
inventário farmacêutico, contribuindo, assim, para viabilidade económica das instituições
veterinárias.
Os alvos do presente estudo foram dois hospitais de fauna silvestre, ambos geridos por
organizações não-governamentais e sem fins lucrativos, o GREFA (Majadahonda, Espanha)
e o CERVAS (Gouveia, Portugal). Estes centros ilustram dois cenários opostos no que se
refere à dimensão, equipamentos e número de animais assistidos, no entanto ambos
bastante actuais no que respeita à estruturação dos centros de recuperação e reabilitação
de fauna silvestre.
Os processos de inventariação e compra de stocks foram descritos e analisados para os
dois centros e a sua análise permitiu identificar limitações em ambos os casos,
nomeadamente ao nível das fases de compra e armazenamento dos stocks.
Este trabalho procurou demonstrar como a implementação de alguns dos princípios básicos
da gestão de stocks, como sejam a redução do número de fornecedores, a redução do
número de encomendas, boas práticas de recepção e armazenamento e o controlo das
movimentações dos produtos, podem optimizar parte da despesa inerente ao stock
farmacêutico.

ABSTRACT - Due to the continued rising in the costs of society in general and healthcare in particular, at
both human and animal level, it is essential the implementation of measures to control these
ones without compromising the quality of the service.
The stocks are a major investment for any pharmaceutical service therefore an efficient
pharmaceutical inventory management is reflected in the balance of an appropriate level of
products, better customer service and lower costs.
Several authors highlight that the understanding of concepts and methodologies of inventory
management on the part of veterinarians is crucial in the formulation of a pharmaceutical
inventory, thus ensuring the economic viability of veterinary institutions.
The targets of the study were two wildlife hospitals, managed by nongovernmental and
nonprofit organizations, GREFA (Majadahonda, Spain) and CERVAS (Gouveia, Portugal).
Both centers illustrate opposite scenarios, according to their size, equipment and treated
animals, but very widespread in the structuring of recovery and rehabilitation centers of wild
fauna.
The process of inventorying and stocks purchasing were described and analyzed for the two
centers. Their analysis identified limitations in both cases, particularly in the phases of
purchasing and stock storing.
This work demonstrates that the implementation of some of the basic principles of stock
management, such as reducing the number of suppliers, reducing the number of orders,
proper storage practices and the goods transfer control, could optimize the expenses
inherent to the pharmaceutical stock.

Click on an image to view it in the image viewer


© 2012, Universidade de Lisboa
Todos os direitos reservados - All rights reserved
Languages: